Dicas de softwares financeiros para ajudar no controle da sua empresa

Hoje em dia, os tempos estão difíceis.

Cortes de gastos são mais que precisos, são obrigatórios.

Poucos são os que se preparam para a crise econômica, pois sempre acham que ela nunca chegará para eles, mas.. Chegou.

Em tempos de crise econômica, como podemos ter um bom controle de gastos para nossa empresa?

softwares-financeiros

Vamos a um princípio da educação financeira básica:

– ”Jamais gaste mais do que você ganha”.

Eu não sei quem criou esta frase, mas seja quem for está coberto de razão!

Na verdade, para gerenciar bem uma empresa, o controle de gastos deve existir com ou sem crise econômica, isso é básico para qualquer negócio sério e duradouro.

Gastanças desnecessárias prejudicam única e exclusivamente a sua empresa.

Afinal, como obter um controle de gastos e evitar um colapso financeiro?

Vamos lá!

Compre somente o que realmente precisa

Comprar algo simplesmente por impulso ou sem um devido planejamento está fora de questão.

O ideal é sempre estabelecer um teto de gastos mensais para a conta não sair alta demais no final do mês.

As suas contas serão sempre prioridade, esteja sempre em dia com elas e evite dores de cabeça totalmente desnecessárias.

[divider]

Não deixe de pagar suas dívidas

Além de priorizar suas contas, caso tenha alguma dívida, faça de tudo para quitá-la.

Renegocie, parcele, não importa!

Nunca deixe essa ‘onda crescer muito’, pois se você deixar, ela ficará tão grande que você acabará se afogando sem chances de salvação.

dividas

 

Use softwares financeiros adequados

Softwares financeiros podem ser uma boa opção para te ajudar na tarefa de organizar suas contas.

Existem boas opções como o próprio Excel, ferramenta super útil e muito utilizado hoje em dia.

Se você procura ferramentas mais simples, segue um link com diversas opções gratuitas e pagas no mercado: Clique Aqui

 

Porque usar softwares financeiros

Essa resposta é bem simples..

Essas ferramentas possuem a função de organizar sua vida financeira, dando assim um maior controle sobre todas as suas contas, os seus gastos e evitando muitas futuras dores de cabeça.

 

Tenha um investimento reserva

Ter um dinheiro guardado é crucial em caso de crises financeiras passageiras ou duradouras, pois ele servirá para pôr a casa em ordem e evitar prejuízos ainda maiores.

Tenha sempre uma conta poupança e deposite mensalmente nesta conta cerca de 10% a 15%, ou mais, de seu faturamento mensal.

Vai por mim, você verá lá na frente que essa foi uma ideia excelente.

 

Não desanime

Todo mundo passa por essa situação, e quem não passou, certamente vai passar, mas o que diferencia uma empresa de sucesso de uma empresa fracassada é como reagir em situações adversas.

Jamais pague nada de forma impulsiva. Sente, analise com calma, reveja as prioridades e siga em frente.

Pense sempre positivo, pois o pessimismo só piora as coisas. Pensamentos positivos fazem fluir novas ideias e consequentemente melhores rumos aos seus negócios.

Pense bem, é o seu negócio!

 

Espero que este artigo tenha lhe ajudado, até a próxima!

Home

Diabete Tipo 2 – Motivos, e Tratamento

O diabete e o obesidade são as epidemias século XXI. Pode ser novidade para várias indivíduos que sofrem de diabete tipo 2, porém esta enfermidade é reversível. Supervisionar o que torna os indivíduos diabéticos é o primeiro passo para você supervisionar como evitar e alimentar o diabete tipo 2. A refeição é um dos elementos mais essenciais para o tratamento desta enfermidade. Neste texto vai obter uma explicação simplificada sobre o processamento e a correlação entre a insulina, o açúcar no sangue (glicose) e o progresso do diabete tipo 2.

 

Antes de iniciar o manifestar sobre a enfermidade é preciso dizer que há muita desinformação na biocenose alimentar, médica e farmacêutica sobre a disposição e tratamento do diabete tipo 2. Os grandes companhias de lavradio e fabricação alimentar não se com o bem-estar dos seus consumidores… Eles desejam realizar dinheiro. A indústria farmacêutica não trabalha visto que possui prazer em recuperar indivíduos. Se fosse dessa maneira os remédios seriam bastante mais baratos… As farmacêuticas vendem cada vez mais remédios (cada vez mais caros) e fazem cada vez mais dinheiro.

 

Sinais e Tratamento do Diabete Tipo 2A Anvisa no Brasil ou o Infarmed em Portugal vão atrás da FDA Americana e das lidas dos grandes farmacêuticas. Há uma inconformidade de lidas entre passar o ter dinheiro e recuperar indivíduos. A indústria alimentar produz itens de baixo esforço e com um tempo prolongado de armazenamento que são capazes de vender as preços elevados. A indústria farmacêutica subsidia uma biocenose médica que prescreve cada vez mais remédios – que várias vezes não são importantes e fazem indivíduos sentir com efeitos nocivos, tudo pelas grandes lucros.

 

Na atualidade o maior parte dos indivíduos prefere ingerir um medicamento todos os dias, ficando de convicção tranqüila por seguir as ordens do médico. Ingerir medicamentos é menos difícil que desviar os hábitos de vida prejudiciais, porém possui os seus efeitos nocivos. Ingerir medicamentos dia depois de dia atenua os sinais do diabete tipo 2, porém não trata o pleito da enfermidade. Embora disso há várias indivíduos que quere saber mais, visto que não se sentem bem com os remédios e vêm a sua situação a dificultar. Aqui você vai capacitar-se o alimentar o diabete e vai capacitar-se o deixar os remédios para o diabete, hipertensão e o colesterol alto.

A Diabete, os Carboidratos e a Insulina

 

Diabete Tipo 2 – Motivos, e Tratamento No momento em que você ingere alimentos, o corpo digere os 3 macro nutrientes: carboidratos, proteínas (vários aminoácidos distintos) e gorduras. Tudo o que não é digerível, como bebida alcoólica, fibras ou toxinas, passam pelo doméstico e vão de modo direto para o corrente sanguínea, na qual são filtrados pelo ânimo. Estes macro nutrientes são capazes de ser medidos em gramas e calorias, porém para o nosso corpo tudo funciona o nível de combustível. Se você ingere mais combustível que o seu corpo necessita – o que ocorre com a maior parte dos indivíduos – o nosso corpo é obrigado o estocar esse excesso. Existe no mercado um produto totalmente natural com o nome de vencendo a diabetes que está sendo usado por milhares de pessoas, essas pessoas reduziram muito o nível de açúcar no sangue. Esse tratamento pode ser encontrado em vários sites na internet, é um tratamento sem efeitos colaterais.

 

Estocar esse excesso calórico foi uma urgência evolucionária no passado do tipo humana, há 50.000 anos estávamos num estado citado de “festim ou de apetite”. O corpo humano aprendeu o sobreviver consumindo bastante num dia e passando apetite alguns dias. Pela urgência de duração, o ADN humano tornou-se uma profissional em armazenamento de força. Hoje estamos vivos visto que fomos capazes de sobreviver num local insultuoso e estes genes foram passados para você e para mim.

 

Qualquer tipo de carboidrato que você ingere vai ser neófito numa maneira simples de açúcar tragada de glicose. Dependendo do carboidrato, essa muda ocorre de modo direto ou após uma breve passagem pelo ânimo. Todo o pão, massa, macarrão, cereais, batatas, arroz, fruto, sobremesa, doce e refrigerantes que você come ou bebe vão ser transformados em glicose. Embora da glicose ser um combustível, ela é muito tóxica em quantidades excessivas. O corpo evoluiu de modo o eliminar a glicose excessiva do sangue com fugacidade para ser armazenada em outras células para um uso porvindouro.

 

O nosso corpo faz isto armazenando um do excesso de glicose nos músculos e no ânimo em maneira de glicogênio. Esse é o combustível muscular que é preciso para treinos anaeróbicos intensos. As células betas do ânimo são especializadas em encontrar a fartura de glicose no sangue após uma alimentação e segregam insulina, um peptídeo que permite a glicose (e as gorduras e os aminoácidos) o passar o ter admissão ao interior da robustez e das células do ânimo.

 

Isto é, os músculos estão cheios de glicose (armazenada em maneira de glicogênio) para usar como combustível para você se esquentar (vaguear, trabalhar, correr). O ânimo possui um retraimento de glicogênio (de 100(ORIGINAL)|100 (CEM)a 120 gramas) para no momento em que não é satisfatório o glicogênio armazenado nos músculos e no corrente sanguínea. No momento em que você se esforça queima primeiro o glicogênio armazenado nos músculos, e o glicogênio do sangue é passado para os músculos para reembolsar o roçado de combustível.

 

No momento em que a glicose no sangue está baixa o ânimo liberta a glicose para o sangue para ela ser transportada para os músculos e para os mais órgãos.

 

Porém existe um ponto fundamental: no momento em que essas células estiverem cheias (e nos indivíduos inativas estão constantemente cheias) o resto da glicose é transformada em gordura. Ou seja o que faz os indivíduos ganhar peso!

 

A glicose em excesso não é transformada em gordura maquinalmente. A glicose em excesso é bastante tóxica para o corpo: uma porção superior o uma colher de chá de açúcar diluída nos nossos 4 a 5 litros é tóxica. No momento em que as células beta do ânimo detectam glicose em excesso o pâncreas inicia o segregar insulina para o corrente sanguínea. O trabalho da insulina é estocar a força excessiva em maneira de glicose, transformando-a em gordura.

 

A insulina foi um dos primeiros hormônios o avançar no seres vivos. Aproximadamente todos as animais segregam insulina como um meio de estocar nutrientes em excesso. Isso faz todo a laicidade num mundo na qual havia pouco alimento, ou passamento de alimento ao longo períodos longos… O nosso corpo tornou-se incrivelmente efetivo. É sardônico que não é a gordura que é guardada como gordura – é o açúcar. É agora que a receptividade à insulina e a dificuldade do diabete tipo 2 encontra-se confusa para o maior parte dos indivíduos, inclusive os nossos governos.

 

Tendência Genética da Diabete Tipo 2?

 

Há 10.000 anos, os nosso pai tinham admissão exclusivo ao açúcar e o qualquer tipo de carboidrato. Havia qualquer fruto aqui e então, alguma bagas e raízes, porém o maior parte dos carboidratos estava em alimentos bastante fibrosos. Alguns antropologistas do paleolítico sugerem que os nosso pai consumiam em média somente 80 gramas de carboidratos por dia. Isto é bastante pouco, comparando com os 350 a 600 gramas de gramas por dia do regime atual dos países industrializados. O resto do regime paleolítico consistia em diversas gorduras e proteínas. Como os carboidratos complicados de obter eram fibrosos (e similarmente complexos), o seu resultado nos graus de insulina era mínimo. Havia tão poucos carboidratos e glicose nas dietas do nosso pai que evoluímos com quatro formas distintos de fazer glicose e somente um para eliminar o excesso que consumimos.

 

Na atualidade, no momento em que consumimos demasiados carboidratos, o pâncreas produz insulina tal como está programado em nosso ADN, porém se o ânimo e os músculos já estão cheios de glicogênio, essas células começam o ficar resistentes à insulina (visto que estamos constantemente com excesso de glicose e com cada vez mais insulina). Os receptores de insulina na superfície dessas células começam o coarctar em algarismo e em eficiência. O isto se chama “controlação decrescente” da receptividade à insulina.

 

Como a glicose não pode entrar na robustez ou nas células do ânimo, ela encontra-se na corrente sanguínea. Agora o pâncreas detecta que também há glicose em graus tóxicos, por causa disso também produz mais insulina e os receptores de insulina ficam também mais resistentes… Visto que um excesso de insulina similarmente é prejudicial! Possivelmente a insulina auxilia a glicose o obter o caminho para a fazenda graxo na qual é convertida em gordura. Como já disse, não é a gordura que é armazenada na fazenda cheia – é o açúcar.

 

Ao continuarmos com uma refeição com excesso de carboidratos e uma vida com pouco treino, o frio à insulina amplifica. Sem ingerir uma decisão dramática para diminuir o consumo de carboidratos e de reforçar o treino físico, desenvolvemos diversas complicações que apenas pioram com o tempo – e os remédios não resolvem a dificuldade.

 

Esse é o processamento que leva um indivíduo comum à resistência de insulina, à diabete tipo 1 e à diabete tipo 2:

 

Mais açúcar armazenado em gordura… e com maior rapidez. Como as células da robustez recebem pouco glicogênio (visto que são resistentes à insulina), e como a insulina inibe a lipaze, uma enzima de queima de gordura, torna-se também mais complicado queimar gordura e é bastante menos difícil ganhar peso. Você continua o ganhar peso até que possivelmente essas células adiposas se tornam resistentes.

O nível de insulina encontra-se mais viaduto visto que o pâncreas pensa “se um tanto não faz resultado, é preciso reforçar a dose.” Errado. A insulina em graus elevados é bastante tóxica para o corpo, causando a data de plaquetas nas artérias (a motivo pelo qual os diabéticos têm tantas doenças cardiológicas) e amplifica a propagação telefone celular dos cânceres.

Tal como a resistência à insulina impossibilita o açúcar de entrar nos músculos, similarmente impossibilita os aminoácidos de entrarem nos músculos e nos órgãos. Agora você não pode fazer ou preservar os seus músculos. Para dificultar as coisas, outras exigências do seu corpo pensam que não há açúcar satisfatório nas células, mandando vestígios para iniciar a canibalizar o seu tecido muscular para fazer mais – você acertou – açúcar! Você ganha mais gordura e perde robustez.

Os seus graus de força baixam, logo após você encontra-se com mais apetite de carboidratos e possui pouco desejo de realizar treino físico. Você encontra-se com desejos de consumir a pinga que o está a matar… Você encontra-se com grandes vontades de consumir!

No momento em que o seu ânimo encontra-se robusto à insulina, ele não pode persuadir o hormônio da tiróide T4 no o hormônio T3. Esta é a altura que aparecem complicações de tiróide misteriosos, que tornam o seu metabolismo também mais compassado.

Pode ficar com neuropatias (danos ao sistema nervoso) e ficar com dores nas extremidades, visto que o excesso de açúcar destrói fazenda nervoso. Pode similarmente reproduzir retinopatia e inicia o despossar a visão.

Possivelmente o pâncreas encontra-se tão derreado que não pode elaborar mais insulina e você acaba por ter de maçar insulina para sobreviver. É essencial muita insulina, visto que o corpo está robusto à insulina. Parabéns, você conseguiu graduar-se da Diabete Tipo 2, para a Diabete Tipo 1 e 2.

 

 

Além da refeição, o treino possui um grande valia em aumentar a receptividade à insulina e proteger-se ou metamorfosear o diabete tipo 2. Isso visto que os músculos queimam o glicogênio armazenado como combustível ao longo e após um treinamento. Os músculos que foram exercitados precisam desesperadamente de glicose e começam o realizar uma “controlação lúnula” aos receptores de insulina para estimular o processamento. Essa é o motivo pelo qual o treino físico é um executor tão fundamental para os diabéticos tipo 2 conseguirem restabelecer a receptividade à insulina. Similarmente é o motivo pelo qual as atletas de resistência podem consumir 400 ou 600 gramas de carboidratos por dia e não engordam – eles queimam tudo.

 

O treino físico de alta intensidade é tão permanente como atividades aeróbicas, porém o melhor é uma combinação dos 2. No momento em que você inicia o passar o ter a receptividade à insulina de volta, o corpo não exige insensato insulina para estocar o excesso de glicose, que produz uma “controlação lúnula” de todas as enzimas de queima de gordura. O resultado é que você queima a gordura armazenada o uma rapidez bastante maior na decorrer do dia. Os aminoácidos e mais nutrientes vitais têm admissão às células no momento em que a receptividade à insulina está alta, por causa disso você produz ou preserva o massa muscular e perde gordura ao inclusive tempo.

 

 

Candidíase tratamentos, sintomas causas e remédios

candidiase-vaginalCandida albicans é o nome do fungo que causa a candidíase. Ela é mais corriqueira em mulheres, por causa de ser ter a vagina úmida e estar sempre vestida em tecidos sintéticos que não a permitem respirar. Candidíase apresenta-se com maior facilidade um tanto antes da lua, no momento em que a vulva encontra-se ácida, ou em casos relacionados á má refeição, proteção baixa e stress.

No mínimo uma vez por semana, toda mulher precisa ir ao médico, para fazer exames de candidíase e exigir auxilio e recomendação por intermédio de um tratamento novo. Isto é bastante difícil, visto que, como tenho repercutido, ao contrário da medicina ocidental, no entendimento popular ou integral, cada pessoa é tratado individualmente, recebendo tratamento diferenciado, de acordo com suas histórias, situações, dores físicas e emocionais. Por causa disso, esse artigo não deseja ser técnico, porém uma incitação ao tratamento, sobre as emoções que levaram a sua vagina contrair a Cândida.

A vulva é um centro de quantidade energético, a local do surgimento, de passatempo e de arrecadação do mundo, é um centro orgástico que integra a mulher ao meio. Várias mulheres também não podem compreender este órgão com esse aprazível, intuitiva e sagrada fecundação, visto que tudo que sai da boceta foi inferiorizado pelo sistema caritativo, tendo de ser sigiloso e rebaixado, como já escrevi .

Sentir -se irritada, é um dos sinais da Cândida, o ponto de não conseguir preservar relações sexuais ou masturbar-se — sexual ou mentalmente, até alcançar ao arroubamento místico (Santa Tereza e Hildegard de Bingen nos presentearam com escritos sobre isto) — é uma maneira de não se deixar ter passatempo e de não viver a própria essência de Ser.

Causas e tratamentos

O fungo Candida albicans é a principal causa no organismo da mulher já existe em pequenas quantidades esse tipo de fungo que vive em equilíbrio com a flora vaginal. Aprenda em nosso blog como curar candidíase com remédio caseiro. E também tem o candidiase tratamento caseiro vinagre que tem bons resultados.

 

Sintomas de Candidíase

A candidíase vaginal em alguns casos provocam um corrimento esbranquiçado, conheça a relação de principais sintomas da Candidíase

  1. Coceira na área vaginal
  2. Dor e vermelhidão na área vaginal
  3. Corrimento vaginal branco e agrupado, parecido com queijo cottage
  4. Relações sexuais dolorosas.

Esses acima são alguns dos sintomas da vaginal, é sempre aconselhável procurar um médico para uma melhor análise.

Como tratar

Apresentando coceira, dor e vermelhidão na área da vagina aliadas ou não e corrimento branco e consistente, vá ao seu ginecologista o mais rápido possível. Seguindo esses passos estará fazendo um bom tratamento para candidíase. O tratamento da vaginal pode ser feito com uso de pomada para candidíase  que são antifúngicas ou com medicamentos antimicóticos para uso local . Leia o Artigo completo de como tratar candidíase AQUI

Candidíase na gravidez

Na gravidez na gravidez faz a defesa da mulher diminuir e muito. O corpo se readapta a recente condição de fortificar, alimentar e acomodar o bebê, por causa disso é tanto comum ter alguns incômodos na gravidez. Alguns incômdos tal como gripes, resfriados e até a candidíase passam a ocorrer junto maior regularidade na gravidez. Nunca é normal vermos relatos com mulheres que possui a sua primeira crise de candidíase na gravidez. Na gravidez deve ser tratada por um especialista e em hipótese se pode demorar o tratamento.

Remédio para candidíase

Os remédios para candidíase com maior uso da população  para tratamento são.
Nistatina (creme)
Nistatina (solução)
Nitrato de Miconazol (creme vaginal)
Gino-Canesten
Daktarin
Fentizol
Flogo Rosa
Fluconazol
Gynazole-1
Gyno-Icaden
Gynopac
Clindamin-C
Clocef
Colpatrin
Canditrat
Colpistatin
Icaden
Itraconazol

pomada-para-candidiase

Atenção, apenas o médico pode dizer qual o medicamento mais apropriado para seu caso, tenha sempre em mãos a bula e siga todas as instruções. Fazendo o tratamento com o remédio para candidíase ou também Pomada para candidíase terá ótimos resultados, lembrando que fazer o uso da Pomada para candidíase se torna mais prático tratamento.

 

 

 

Clique Aqui para conhecer o tratamento natural