Dicas de softwares financeiros para ajudar no controle da sua empresa

Hoje em dia, os tempos estão difíceis.

Cortes de gastos são mais que precisos, são obrigatórios.

Poucos são os que se preparam para a crise econômica, pois sempre acham que ela nunca chegará para eles, mas.. Chegou.

Em tempos de crise econômica, como podemos ter um bom controle de gastos para nossa empresa?

softwares-financeiros

Vamos a um princípio da educação financeira básica:

– ”Jamais gaste mais do que você ganha”.

Eu não sei quem criou esta frase, mas seja quem for está coberto de razão!

Na verdade, para gerenciar bem uma empresa, o controle de gastos deve existir com ou sem crise econômica, isso é básico para qualquer negócio sério e duradouro.

Gastanças desnecessárias prejudicam única e exclusivamente a sua empresa.

Afinal, como obter um controle de gastos e evitar um colapso financeiro?

Vamos lá!

Compre somente o que realmente precisa

Comprar algo simplesmente por impulso ou sem um devido planejamento está fora de questão.

O ideal é sempre estabelecer um teto de gastos mensais para a conta não sair alta demais no final do mês.

As suas contas serão sempre prioridade, esteja sempre em dia com elas e evite dores de cabeça totalmente desnecessárias.

[divider]

Não deixe de pagar suas dívidas

Além de priorizar suas contas, caso tenha alguma dívida, faça de tudo para quitá-la.

Renegocie, parcele, não importa!

Nunca deixe essa ‘onda crescer muito’, pois se você deixar, ela ficará tão grande que você acabará se afogando sem chances de salvação.

dividas

 

Use softwares financeiros adequados

Softwares financeiros podem ser uma boa opção para te ajudar na tarefa de organizar suas contas.

Existem boas opções como o próprio Excel, ferramenta super útil e muito utilizado hoje em dia.

Se você procura ferramentas mais simples, segue um link com diversas opções gratuitas e pagas no mercado: Clique Aqui

 

Porque usar softwares financeiros

Essa resposta é bem simples..

Essas ferramentas possuem a função de organizar sua vida financeira, dando assim um maior controle sobre todas as suas contas, os seus gastos e evitando muitas futuras dores de cabeça.

 

Tenha um investimento reserva

Ter um dinheiro guardado é crucial em caso de crises financeiras passageiras ou duradouras, pois ele servirá para pôr a casa em ordem e evitar prejuízos ainda maiores.

Tenha sempre uma conta poupança e deposite mensalmente nesta conta cerca de 10% a 15%, ou mais, de seu faturamento mensal.

Vai por mim, você verá lá na frente que essa foi uma ideia excelente.

 

Não desanime

Todo mundo passa por essa situação, e quem não passou, certamente vai passar, mas o que diferencia uma empresa de sucesso de uma empresa fracassada é como reagir em situações adversas.

Jamais pague nada de forma impulsiva. Sente, analise com calma, reveja as prioridades e siga em frente.

Pense sempre positivo, pois o pessimismo só piora as coisas. Pensamentos positivos fazem fluir novas ideias e consequentemente melhores rumos aos seus negócios.

Pense bem, é o seu negócio!

 

Espero que este artigo tenha lhe ajudado, até a próxima!

Home

Deixe um comentário